Como surgiu a raça negra e outras?

 

Para entendermos como as diversas raças surgiram, é necessário analisarmos um pouco mais a frente da criação de Adão e Eva, já que no episódio da Arca de Noé, toda a humanidade sucumbiu, portanto o povoamento da humanidade passou a continuar através dos 3 filhos de Noé, que entraram na arca com suas esposas.

 

Em Gênesis capítulo 10, encontramos os descendentes de Noé, que iniciaram o povoamento da Terra.

 

Sem, Cão e Jafé. Há consenso entre os eruditos, que estes três deram origens aos seguintes povos:

 

Sem – Origem aos Árabes e Israelitas – Morenos;

 

Cão – Que logo depois gerou a Cuse ou Cuxe, deu origem a raças coloridas, amarelas e escuras, os povos da África, Egito, Etiópia. Um texto Bíblico que os eruditos afirmam concordar com esta idéia está em Jeremias 13:23, onde diz “Pode o etíope mudar a sua pele?…”

 

Jafé – Origem aos brancos, Europeus.

Em Gênesis 10:6, lemos que os filhos de Cão são Cuse, Mizraim, Pute e Canaã.

 

De Cuse vem a cor negra, de Mizraim os egípcios, de Pute os líbios. A esposa de Moisés, Zípora, era cusita.

 

No verso 17 de Gênesis, capítulo 10, um dos descendentes de Cão, é o sineu, que os eruditos em consenso, propõem ser a origem dos chineses.

 

Documentos arqueológicos encontrados no Egito, confirmam estas origens, apresentando os jafeitas que tinham a pele de cor branca, cabelos lisos, e olhos azuis.

 

Relembrando rapidamente, de Sem vieram os morenos, de Cuse o Cuxe vieram os de cor negra, e de Jafé vieram os mais claros.

 

A explicação para a origem desta variedade de cores, que ainda ao cruzar as raças formam outras tantas cores e tipos diferentes, é a carga genética.

 

Deus não criou tudo uniforme. As montanhas não deixam que o visual seja tudo plano. A variedade de cores das plantas fazem a beleza dos jardins, a própria cor verde das plantas, quantos tons e variedades trazem uma beleza sem igual.

 

Assim também com a raça humana, Adão e Eva, criados por Deus, do barro, tinham uma cor rosada, rubra, pois vieram da argila, mas Deus carregou sua carga genética, para que ao se proliferarem gerações, variedades fossem surgindo para haver mais beleza e não uma uniformidade única.

 

 

Concluímos assim, que a variedade de cor da pele, de raças, é também plano de Deus. Não tenho nenhum privilégio ou castigos, mas todas tem origem no próprio plano de Deus, na carga genética do homem, que ao longo dos séculos, tem dado um colorido diferente e agradável a população humana. Somos todos irmãos, filhos de Adão e Eva, e todos criados a Imagem de Deus, com um colorido de variedade especial.

Write a comment

Comments: 2
  • #1

    Felix Chalisse (Saturday, 31 March 2018 22:54)

    Acredito na ideia

  • #2

    Lufuankenda Bernardo (Monday, 01 October 2018 19:04)

    Gostei muito de ler compreender que Deus altíssimo vos abençoe rica e poderosa mente em nome de Jesus Cristo amém